Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no nosso website. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa política de cookies.
Este é o fim de semana dos avós!
a vida em estado de sítio: 40

Um pouco por toda a Europa, os organismos de saúde têm-se multiplicado a dar-nos recomendações a propósito do contacto dos avós com os netos. Nós agradecemos, claro. Mas nós (os pais e os avós) já tínhamos muitas cautelas para protegermos todos aqueles que nos são preciosos, indispensáveis e imprescindíveis.

É claro que jamais queremos os nossos filhos a servir de "correio dos perigos"! E, muito menos, para os seus avós. Mas recordamos que os avós não podem ter uma quarentena de netos até ao verão do próximo ano. E que mais tempo sem avós por perto faz com que os nossos filhos estejam a prescindir de uma "reserva natural" de amor, de carinho e de mimo. E isso não pode ser!

Portanto, agradecendo todas as directivas que nos levem a pensar e a ponderar, os nossos filhos e os nossos pais irão ter direito uns aos outros. E não será da janela para a rua. Estarão mais perto! Os nossos filhos não andarão sempre ao colo dos nossos pais? Nós aceitamos. Os nossos pais estarão autorizados a dar uma festa nos caracóis dos nossos filhos, mesmo que o façam de máscara? Nós agradecemos. Os nossos filhos estão autorizados a chegar-se ao corpo dos avós? Vai acontecer, sim. E, quando dermos por isso, estarão chegadinhos demais? Pode acontecer. E, no entretanto, uns e outros terão de lavar as mãos ou ir, a correr, até o gel de álcool e nós, os pais, vamos ter de fazer um bocadinho de "polícias"? Sim... Será tudo isto irresponsável da nossa parte? Não!

Os nossos filhos têm estado numa longa quarentena. E os nossos pais também. E nós temos tido cuidados e cautelas como nunca tivemos. Mas entre os nossos pais e os nossos filhos alguém tem de ser uma "força tranquila". E, olhando para o bem que os avós são para os netos e que os netos são para os seus avós, mesmo que não se "brinque" com a saúde de quem se ama, não nos podemos (nunca!) esquecer da saúde mental; dos nos pais e dos nossos filhos. Por isso mesmo - equipadas com todos os cuidados, claro - que este seja o fim de semana dos avós!

 

subscreva