Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no nosso website. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa política de cookies.
Porque é que há pessoas que se desculpam mas parecem nunca pedir desculpa?
E nos fazem sentir mal?

Há pessoas que se desculpam mas não pedem desculpa. Falam dos seus remorsos mas nunca as sentimos com culpa. Desculpam-se da boca para fora. Como se, até para pedirem desculpa, elas se achem a si próprias mais "habilitadas" para a compreensão dos seus actos do que nós próprios. Talvez não seja, portanto, por acaso que as pessoas que se desculpam sem que peçam desculpa se façam tantas vezes de vítimas. As pessoas que se fazem vítimas desculpam-se com tudo; mas nunca pedem desculpa. Porque, no fundo, não podem, não conseguem ou não querem reconhecer o mal que nos fazem. Como se isso fosse demais para aquilo que conseguem suportar.

O pior é que as pessoas que não pedem desculpa nos fazem mal! Fazem mal porque nos magoaram. Fazem mal porque não nos reconhecem credoras dos ressentimentos que nos provocam. Fazem mal porque nos supõem dispensáveis para que se sintam bem. E fazem mal porque, quando esperávamos que fossem empáticas com a nossa dor, elas a consideram ora estranha ora como uma espécie de capricho. E nada mais.

As pessoas que não pedem desculpa são más, portanto. Porque a sua solidão as parece aconchegar mais do que o nosso acolhimento. E a nossa existência, para elas, está perto do que elas menos parecem precisar para que sejam "felizes".

subscreva